Como cheiram os vossos bebés? 

..: Julia :..

Muito antes de ser mãe já gostava do cheirinho dos bebés. Ainda me lembro como cheiravam as roupinhas da minha sobrinha quando as passava a ferro há 20 anos, era eu miúda.

Até os meus filhos nascerem, associava o cheiro do bebé aos produtos para bebés: os champôs, os sabonetes, os detergentes de roupa. Tudo me cheirava bem.

BabyInBath-JohnDrake-CC-BYND.jpg
Foto por John Drake, CC BY-ND

Depois do meu filho nascer descobri uma gama de cheiros absolutamente nova e fabulosa. O cheiro do recém-nascido acabado de sair da barriga. O cheiro do leite a pingar do peito. O doçe e surpreendente cheiro do miconium. O cheiro do cocó a meio da noite. O cheiro do bebé a bolsar mil vezes por dia. O cheiro do arroto dado direitamente ao meu nariz. O suor do bebé, especialmente quando são pequeninos e vivem de mãos cerradas até ficaram mal-cheirosas. O cheiro do suor toddler. Amo todos estes cheiros das minhas crianças.

OK, sem exagero, o cheiro do cocó não “amo”.

 

Um vício virtuoso

Até acho estes cheiros viciantes. E talvez isto não seja loucura. Um cientista canadiano chamado Johannes Frasnelli, investigador na Universidade de Montreal, escreveu um artigo sobre o efeito do cheiro dos bebés nas mães e compara o efeito com aquele que sentimos quando cheiramos a nossa comida preferida.

Por isso, não é nada estranho quando dizem aos vossos pequeninos: “és tão doce que até te podia comer!”.

E uma das coisas que gosto mais no babywearing é que, quando o meu bebé está apertadinho no meu peito, bem perto de mim, posso desfrutar do cheirinho dele quando quiser.

E é tão bom! Tão bom mesmo!

O poder de um pedido

Agora há uma razão por trás deste post. Um pedido. Quando vais visitar uma amiga ou familiar que teve um bebé há pouco tempo (ou mesmo que não seja há pouco tempo) evita perfumes fortes.

Para mim o olfato é o nosso sentido mais poderoso. Acho incrível o facto de que, só o cheiro nos pode transportar no tempo e nos faz a relembrar sobre coisas ou pessoas que parecia que já tinhamos esquecido.

PerfectLipsEyesNose-Lara-CC-BYND.jpg
Foto por Lara604, CC BY-SA

E sabiam que quando o bebé nasce o olfato dele já está a funcionar e funciona muito bem? Os bebés conseguem cheirar até antes de nascer! Mas são também super sensíveis aos cheiros e ter alguém a aproximar-se e a cheirar muito diferente do habitual é uma sensação muito forte para o bebé e pode ser até desagradável para ele, que pode ser evitada.

Além disso, o bebé vai ficar com o vosso cheiro.

E tenho quase a certeza que a mãe quer o bebé dela cheirar “à bebé” e não a cheirar “à amiga” ou “à familia”, por muito chegada e amada que estas sejam.

E vocês, qual o vosso vício virtuoso? Qual o cheiro que mais adoram nos vossos bebés?