10 perguntas frequentes sobre babywearing

Quem nunca teve dúvidas sobre algum aspeto de babywearing, pode fechar a janela ou voltar para o Facebook. Ficam aqui as nossas respostas a algumas das questões mais frequentes.

1. Que tipos de porta-bebés existem e qual o porta-bebé certo para mim?

Simples. Panos e mochilas. Pode parecer difícil, mas é simples, basta pensarem na utilização que querem dar… et voilà!

2. Já ouvi falar de marsúpios, o que são?

O marsúpio é uma espécie de mochila, no entanto não é ergonómico, ou seja, não dá suporte suficiente às pernas, rabinho, costas e pescoço do bebé.

3. Posso carregar o meu bebé desde o nascimento?

Sim! É muito natural e confortável para o bebé estar perto do calor da mãe. E cheiram tão bem debaixo do nosso nariz!

4. E como faço durante a gravidez?

Passar a amarração para as costas e subir o nó para cima da barriga são as duas ações mais diretas. Mas há mais…

5. Devo carregar o meu bebé pequeno na mochila?

Não. A mochila só é adequada a partir do momento que o bebé senta se sozinho.

6. Posso carregar o bebé virado para a frente?

Poder, podes, mas não deves.

7. O pano substitui o carrinho de bebé?

Sim. Não. Talvez. Ás vezes. Mas nem sempre.

8. E como devo fazer no Verão?

Usar tecidos frescos e contar sempre com o pano como parte da indumentária, para evitar excesso de calor.

9. Então e no Inverno, quando chove e faz frio?

É simples, basta adicionar um casaco de babywearing por cima de tudo

10. E os pais, também carregam os bebés?

Claro que sim, é muito agradável para o pai, para o bebé e para a mãe.

 

Foto de topo de página por banlon1964, CC BY-NC-ND