Mochilas ergonómicas: Buzzidil, Lenny Lamb, Onya

As mochilas ergonómicas com fivelas. Quem não gosta delas. Práticas. Simples. Giras. Sem a preocupação dos quilómetros de pano. Só click, click e já está! Parece o céu do babywearing, não parece?

Hoje começo uma sequela de posts sobre algumas marcas de mochilas ergonómicas que existem no mercado. Testei-as com a Irene, 19 meses, 8 kilos e 80 centímetros de altura. Espero que seja útil e para breve teremos a parte 2!

Buzzidil

Tamanho XL, segundo o fabricante serve dos 8 aos 48 meses
Mochila emprestada para os testes pela Carregados de Amor

O que mais gostei

  • Evolutiva
  • Com muitos ajustes
  • Possibilidade de prender as alças ou no cinto ou no painel, no cinto para bebés mais pequenos, no painel para crianças maiores
  • Feita do pano tecido o que significa que a mochila mais confortável porque adapta se melhor ao corpo do bebé e do carregador

O que podia melhorar

  • O cinto é muito rijo e não adapta se facilmente. Isto pode tornar-se desconfortável se a mochila não estiver perfeitamente colocada e ajustada

Lenny Lamb

Tamanho bebé, segundo o fabricante serve dos 5 aos 20 kg
Mochila emprestada para os testes pela Carregados de Amor

O que mais gostei

  • Cinto ergonómico, adapta-se melhor ao corpo do carregador
  • Feita do pano tecido o que significa que a mochila mais confortável porque adapta se melhor ao corpo do bebé e do carregador

O que podia melhorar

  • Não é evolutiva

 

Onya

Tamanho único, segundo o fabricante serve dos 7 aos 20 kg
Mochila emprestada para os testes pela Katia Amorim Verdasca

O que mais gostei

  • Tem proteção contra UV

O que podia melhorar

  • Não é evolutiva
  • Bolsa nas costas do bebé não é muito prático. Não queremos colocar nenhuma pressão na coluna do bebé

Fotografias tiradas pela Ana Candeias Oliveira, all rights reserved